Anais do Encontro Maranhense de Economia

APRESENTAÇÃO DO EVENTO

O Encontro Maranhense de Economia (EME) surgiu de um grupo de professores do Departamento de Economia (DECON) da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Esse detectou a necessidade histórica de discutir as condições socioeconômicas em que estão assentadas as bases produtivas e social do Estado do Maranhão. Porém, a referida tarefa não é exclusiva das Universidades, tampouco do poder público estadual, mas é um processo de construção coletiva, no qual devem também inserir-se os empresários, estudantes, a sociedade civil e a classe política.

Ademais, as discussões econômicas promovidas pelas instituições maranhenses ainda são pontuais e contingenciais, necessitando, portanto, de regularidade e de sistematização para construção de estratégias e políticas de desenvolvimento. Logo, há um imperativo em manter eventos que discutam os problemas econômicos regionais e nacionais. Nesse sentido, com a segunda edição do Encontro Maranhense de Economia (II EME), com o tema MARANHÃO E BRASIL PÓS-PANDEMIA: impactos, cenários e desafios, propõe-se a continuidade de um fórum de debate regular do desenvolvimento econômico estadual e do país.

OBJETIVO

O II EME, cujo tema é “MARANHÃO E BRASIL PÓS-PANDEMIA: impactos, cenários e desafios”, tem o objetivo de propiciar a discussão, sob diferentes perspectivas teóricas e metodológicas, de temas relevantes para o desenvolvimento maranhense e brasileiro. Assim, pretende aglutinar os atores relevantes nessa empreitada que são: universidades, empresários, políticos, sociedade civil e a administração pública.